quarta-feira, 3 de agosto de 2011

A importância da água para o seu cão.

Tão importante quanto a comida que o seu cachorro come é a água que ele bebe, no artigo abaixo (autoria de Daniel Moore) é possível evidenciar essa afirmação.

por Daniel Moore

Todos os ingredientes benéficos do alimento para cães  não irão ajudar se o seu cão  não estiver bebendo bastante água. Água é o nutriente mais importante do corpo, os cães adultos têm  em seu corpo 60% de água e, em um filhote  84%.
É possivel o cão perder toda a sua gordura e metade de sua proteína sem afetar negativamente a sua saúde, mas uma perda de 10% da água do seu corpo, pode causar problemas significativos; então os proprietários de cães devem focalizar sua atenção na qualidade da água que oferecem aos seus animais como  fazem sobre os ingredientes que vão para os alimentos, afinal nem toda  água é igual. 
Os critérios para a água potável oferecida aos cães são similares aos da água potável para as pessoas. Água da torneira nos EUA, geralmente fornece os melhores nutrientes e menos contaminantes, (mas no Brasil, em muitas regiões, a realidade é bem diferentese - grifo nosso), no entanto, se nessa água estiverem presentes altas quantidades de magnésio, nitratos e ferro, pode causar riscos à saúde a longo prazo. Para aqueles que temem que a sua água de torneira poderá não ser a melhor opção,  a água engarrafada (mineral), pode ser uma escolha melhor.
Pratos de aço inoxidável e ceramica são boas escolhas (seguras) para tigelas de comida e água. Tigelas de plástico podem riscar, tornando-se insalubres porque se contaminam. A água deve ser fresca no verão e temperatura ambiente no inverno. Além disso, as  tigelas dos cães devem estar sempre limpas.

Os cães devem ter acesso à água potável em todos os momentos. Isto é ainda mais importante do que dar-lhe o melhor cão alimentos no mercado. Cães precisam de água três vezes mais do que comida todos os dias. Notadamente, eles precisam de ainda mais água quando estiver extremamente quente, na fase da amamentação ou durante as atividades fisicas ao ar livrel. Animais que comem alimentos  enlatados não precisam beber tanta água quanto os que se alimentam com rações secas.

Muitas vezes, cães doentes não querem beber a água de que necessitam, mas a doença aumenta a necessidade de água. Quando isso acontece, o cão pode tornar-se rapidamente desidratado. Para verificar a desidratação, o dono pode verificar puxando para cima a pele do cão na nuca pescoço. Se a pele retrai rapidamente, está suficientemente hidratado, se demora alguns segundos para que a pele volte, ele está desidratado e será necessário hidratação por via intravenosa ou subcutânea. Donos nunca devem oferecer água aos cães com vômitos,  talvez seja esse, o único momento de não oferecer água. Se um cão vomita durante mais de um período de 24 horas é preciso consultar um veterinário imediatamente. 

Além de saudável, uma hidratação adequada contribui para o excelente desenvolvimento de um cão. Muitos proprietários de cães que trabalham, devem certificar-se de que o seu animal está bebendo as quantidades de água apropriadas. Estudos têm comprovado que uma boa hidratação aumenta a capacidade de trabalho de um animal em 80%. A próxima vez que você colocar um  alimento bem especial  na tigela do seu cão, lembre-se que, se o cão não recebe a  quantidade certa de água limpa, toda essa comida é inútil.E você? Tem tido esse cuidado com a água do seu cãozinho?

Um comentário:

  1. Bom dia Dr. Meu cão de 7 anos foi operado aos dois joelhos por rotura dis ligamentos cranial. No dia seguinte a operação teve alta e chegando a casa bebeu muita agua, depois disso não tocou mais na agua, tem se alimentado de comida de lata. Tem ficado quietinho fazendo repouso, qdo se levanta damos uma volta e ele faz muito xixi, as fezes estão normais. Isso é comum, devo ficar preocupada?

    ResponderExcluir

LICENÇA DE USO

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.