segunda-feira, 25 de junho de 2012

Doenças do Fígado em Cães

A poucas semanas, a pequena Mel  Star foi diagnosticada com Hepatite - uma surpresa, muito bem cuidada, parecia impossível desenvolver uma doença assim. A boa notícia é que já está sendo tratada pela médica veterinária Zilah Braga (DrPet) e, evoluindo bem. Então, o post de hoje será sobre doenças do fígado, que são mais comuns do que se pensa e, a gente as vezes nem as percebe.
(Artigo traduzido - versão original aqui)

No entanto, você pode fazer muito para ajudar seu amigo, se algum problema de fígado se tornar uma preocupação. Por esta rzão é conveniente antes de tocar nesse assunto conhecer as noções básicas.
O que pode causar doenças hepáticas em cães?
  • Doenças congênitas

  • Doenças Metabólicas
    • Deposição de gordura no fígado (ex obesidade, hipotireoidismo, diabetes)
    • Cobber acumulação

  • Inflamações
    • Cinomose
    • Hepatite Crônica
    • Cirrose Hepática

  • Medicamentos
    • Os corticosteróides
    • Epilepsia medicina

  • O cancro do fígado
  • Doença Cardíaca Congestiva
Essas doenças podem ter muitas causas. As vezes o figado é o principal problema mas pode ser também secundárias,  provocadas, por exemplo,  por uma doença cardíaca congestiva.



Os sintomas 

Em geral os sintomas da doença canina fígado poderia ser algo como isto:
  • Ingestão de água aumentada
  • Cor amarela nas membranas do corpo (icterícia)
  • Vômitos
  • A perda de peso
  • Ascite (fluído no abdômen)
  • Cansaço
  • Febre
  • Diarréia
Muitas vezes os sintomas de doenças do fígado em cães podem variar, então uma investigação feita pelo Veterinário vai identificá-los  em menos tempo... . A doença do figado pode apresemntar sintomas agudos ou cronicos; agudos acontecem de súbito, muitas vezes com febre, talvez vômitos, cansaço e, talvez, uma história de algum alimento tóxido que o animal tenha comido. Sintomas de doenças hepáticas crônicas acontecem de forma  mais gradual. Muitas vezes a perda de peso, diarréia crônica, falta de brilho na pele e pêlo. Mas muito mais perigosos porque demara-se mais para procurar ajuda..
"... Um exemplo de doença hepática em cães: Em 1997 uma senhora de idade dona de um cão terrier, trouxe-me o animal para exames. Ela se queixava de tumores mamários. Eles apareceram de repente e começou a doer um pouco. Mas eram grandes e eu decidi removê-los através de uma cirurgia - antes, porém vou falar um pouco sobre essa proprietária - que é muito especial.por ter problemas graves de saúde na família. Então eu decidi operar o seu cachorrinho. A cadelinha tinha uma certa idade, mas era razoavelmente  saudável e toda  família precisava dela para ficar feliz de novo.
Então, nem sempre é fácil tomar decisões desse tipo.
 
Bem, decidimos seguir em frente e agendada operação, cerca de duas semanas mais tarde  algo aconteceu. Este cãozinho doce ficou tão cansado
 
A proprietária me disse que a dois dias ela apresentava cansaço e a temperatura. Ela tinha sido cansado por dois dias. A temperatura era de 40,5 C (105 F!). Ela estava quente sobre os tumores, mas sentia dor. Seu apetite não era bom, mas ela bebeu água (não muito). O coração e os pulmões na auscultação estavam bem. Ela estava ligeiramente com as mucosas um pouco azuladas, mas apenas um pouco. decidi então,fazer alguns exames para os rins e as enzimas do fígado, mesmo ela não tendo os  sintomas óbvios de uma doença hepática
O cão engoliu alguns comprimidos destinados a seres humanos! Analgésicos. Alguns deles podem ser usados. Mas alguns não são, ou pelo menos em uma pequena dose. Essa cadela tomou uma dose bem elevada,  o que  se mostrou nos valores do fígado. Tudo estava muito alterado.
A dose não foi letal. Com antibióticos e alguns tratamentos do fígado ela ficou bem e feliz novamente. Pronta para a próxima etapa - a operação... ."





Diagnóstico Amostras de sangue

  • Bilirrubina : Os níveis de bilirrubina em amostras de sangue é uma outra medida para verificar o estado do fígado.A partir de duas razões:
  • Excessiva quebra de glóbulos vermelhos
  • Diminuição da absorção pelas células do fígado
Demasiada produção ou  menor.
Na prática, deve-se descartar a possibilidade de hemólise, anemia ou hemorragia, antes de apontar aumento do nível de BIL como sintoma de uma doença do fígado. Mas você não precisa se preocupar com isso. 
Em geral, se a doença hepática é uma suspeita grande a quantidade de BIL conjugada deve ficar maior. Se o sangue é a principal preocupação da bilirrubina não conjugada é aumentada

Os sintomas de icterícia (ikterus) em cães não são assim tão complexos. Se o fígado não pode limpar o sangue, os produtos finais celulares entrarão no tecido conjuntivo. A pele fica amarela. Tudo terá um tom amarelo. O branco nos olhos é amarelo também. Esse é o local onde primeiro se examina para evidenciar a icterícia.
.

  • As enzimas do fígado : As amostras de sangue são  importantes. Este é o lugar para começar a investigar, se o seu veterinário suspeita de doença hepática canina e/ou qualquer outro problema de saúde do cão.

    Teste de Acidos Biliares é frequentemente utilizado. Este é um teste não específico. mas, mostra pelas células do fígado que este orgão está estressado. Normalmente, as células do fígado são muito eficazes na reabsorção dos ácidos biliares a partir do sangue portal (sangue a partir do intestino).
    Os ácidos biliares são utilizados na digestão. Depois de serem reabsorvidos eles são utilizados de novo no processo de digestão de gorduras


O que você pode fazer?

O veterinário fará o diagnóstico e iniciará o tratamento. Provavelmente usando algum remédio com receita médica.Mas a nutrição do seu cão vai ser fundamental para restabelecer o figado de forma satisfatória.

Escolha bem a nutrição para ajudar o seu cão.

Alimentos para boa saude do fígado são frequentemente usado em na prática veterinária .Você pode fazer em casa ou comprar. Os princípios nutricionais em ambosdevem ser obedecidos rigidamente. Algumas noções básicas sobre fatores-chave relacionados com o conteúdo de proteína na dieta para o  fígado pode ser de grande utilidade para você.

Objetivos básicos na dieta do fígado de cães

  • Fornecer energia e nutrientes para prevenir a desnutrição
  • Minimizar os danos  adicionais por  radicais livres
  • Suporte a regeneração de células do fígado
  • Evitar sintomas neurológicos
  • Energia

    Os hidratos de carbono podem ser a principal fonte de energia em cães. Se não houver bastante hidratos de carbono  no alimento para satisfazer as necessidades do corpo, ele vai produzir mais  açúcar e menor  proteína. Proteína produzida a energia é feito pelo fígado.
    Se o fígado também luta com uma doença assim, este processo pode fazê-lo trabalhar muito duro. O fígado tem uma grande capacidade de se regenerar, mas pode chegar ao seu limite.
    Portanto, o alimento para o fígado deve conter quantidade suficiente de energia não protéica (gorduras e carboidratos) para atender as necessidades do corpos.

    Subnutrição

      Na desnutrição, as proteínas não são suficientes. Neste caso, o corpo irá fabricar sua própria proteína, a fim de manter a si próprio. Seu cão vai perder peso e massa muscular vai ficar  flácida
    Quando isto acontece os alimentos  têm de ser metabolizados no fígado. Carga de trabalho de novo extra sobre o fígado.

    Os sintomas neurológicos

    A amônia é liberada na degradação de proteínas. Esta é cuidado pelo fígado. Na doença de fígado esta capacidade é muito mais baixa em comparação com o normal. Se amônia atinge o cérebro isto pode causar  sintomas neurológicos, tais como cólicas, ingestão de água aumentada, desorientação ou anorexia.
    Às vezes isso acontece se o seu cão é alimentado com muita proteína. Os sintomas podem aparecer após algum tempo de alimentação

    Euilibrio em intervalos de alimentação

    Com pouca proteína, seu cão estará em risco de perder massa muscular e aumentar a carga de trabalho sobre o fígado. Por outro lado, proteína em excesso pode aumentar o risco de problemas neurológicos.
    Então, o equilíbrio em relação ao teor de proteínas na dieta dos cães é muito importante se o fígado é um problema de saúde.
    Muitas vezes, uma recomendação em torno do conteúdo de proteína de 15-20% é adequada na maioria dos casos. A proteína deve ser de boa qualidade. já que vai ser bem processada  no corpo não trazendo  nenhum "stress" para o fígado. Você deve alimentar seu cão com pequenas refeições, porém, várias vezes durante o dia.
    Isso vai ajudar muito o fígado que  não ficar sobrecarregado.

     Uma lista de ótimas fontes de proteínas e seu valor biológico (100 é o melhor) - mas sempre consulte seu veterinário.
    1. Ovos (inteiro) 100
    2. Ovos (brancos) 88
    3. Frango ou peru 79
    4. Peixe 70
    5. Carne magra 69
    6. Arroz integral 59
    7. Arroz integral 57
    8. Arroz branco 56
    9. Ervilhas 55
    10. Trigo Integral 49
    11. Grãos de soja 47
    12. Todo grão de trigo 44
    13. Milho 36
    14. Feijões secos 34

     
     
     Fonte: Efeitos de factores antinutricionais sobre a digestibilidade de proteína e disponibilidade de aminoácidos em alimentos, 2005, Gilani G. Sarwar (1); Cockell Kevin A. (1); Sepehr Estatira (1); Affiliation autor (s) (s), ( 1) Health Canada, Nutrição Divisão de Pesquisa, Departamento de Ciências da Nutrição, Banting Research Centre (AL: 2203 C), Pasto Tunney, Ottawa, ON, K1A OL2, CANADÁ
 











32 comentários:

  1. Como saber se a proteína de uma ração é de qualidade ?

    ResponderExcluir
  2. ola pessoal...tenho uma yorkshire de 1 ano e 6 meses,após um desmaio o veterinário pediu exames de sangue e constatou uma alteração muito avançada no figado,com isso ele pediu uma ultra abdominal e falou que era um sério problema e tudo indicava um tumor,..sem duvida entramos em desespero(afinal uma menininha tao saudável e feliz)..minha unica soluçao foi buscar em DEUS,eu e minha esposa colocamos nas mãos de DEUS pedindo um milagre..3 dias depois ela fez a ultra e pra honra e glória do senhor nao deu nada de mais...ate o veterinário ficou sem explicação pro caso,mas eu sem duvida sei oq aconteceu.através da nossa fé DEUS cura quem amamos....QUAL FOR A SITUAÇÃO ENTREGUE NAS MÃOS DE DEUS!!!estou muito grato ao senhor..(mas qulauer diferença no seu animalzinho leve ao veterianário nunca se esqueça que nossos amiguinhos sao TOTALMENTE dependente de nós..ficadica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém! Eu creio.A cachorrinha da minha filha de dois meses,uma poodle toy,pulou do meu colo,caiu com a cabeça no chão,ficou gritando,pensei que havia quebrado o pescoço,mas não.Ela chorava e gemia, a veterinária disse pra prestar atenção nos sintomas para ver se ia precisar correr com ela.Minha filha teve que ir pra igreja e eu fiquei com ela,peguei o óleo de unção e ungi ela e orei,Graças a Deus, no outro dia já estava correndo e brincando.

      Excluir
    2. Amém! Eu creio.A cachorrinha da minha filha de dois meses,uma poodle toy,pulou do meu colo,caiu com a cabeça no chão,ficou gritando,pensei que havia quebrado o pescoço,mas não.Ela chorava e gemia, a veterinária disse pra prestar atenção nos sintomas para ver se ia precisar correr com ela.Minha filha teve que ir pra igreja e eu fiquei com ela,peguei o óleo de unção e ungi ela e orei,Graças a Deus, no outro dia já estava correndo e brincando.

      Excluir
  3. icterícia hepática, como fazer para curar um cachorrinho poodle de 2 meses?

    ResponderExcluir
  4. Minha cadelinha passou muito mal em 5 dias , ficou apática, cansada, defecava sangue e vomitava sem alimentar 5 dias hoje teve uma parada cardíaca e morreu...Estava tratando como problemas no figado com muito antibióticos e soros...Fizeram um ultrassom onde deu que o figado estava alterado...Como pode isso, estava sendo cuidada por médicos...Não me conformo era minha filha.Vomitou sangue e caiu, com a língua pra fora...Uma tristeza sem fiz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sinal de quem estavatratando naosabia de nada

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. aconteceu o mesmo com meu york de 14 anos e 10 meses. Estava sendo tratado por veterinários e oncologistas há um ano com nódulo no fígado. Após uma ano o tumor cresceu barbaridade. Eram dois. Corri para SP para fazer a cirurgia. Um tumor foi estraído e o outro deu hemorragia. Perdeu muito sangue. 2h depois da cirurgia morreu. Lita também estou inconformada. Descobriram no início e náo fizeram nada! Acharam que poderia ser cisto ou nódulo benigno. Nem uma biópsia. Agora só dor e sofrimento. Faz 1 mês. Nunca mais vou voltar a ser a mesma pessoa. Uma infelicidade sem fim. Ele era meu sol, minha vida. A alegria da casa. Pensei que iria morrer de velhinho, pois ele tinha energia de um filhote. Esses médicos foram os responsáveis pela perda do meu bichinho. Confiei numas bostas que não sabiam de nada e se metem a dizer que são oncologistas. Não posso voltar atrás no tempo, pois minha instuiçao dizia que havia alguma coisa de errado. Nunca vi ficar 1 ano acompanhando a evoluçao do nódulo. Na biópsia deu todos malignos. tumor primário de fígado. carcinoma hepatocelular. Para vocês virem como essas faculdades formam umas drogas de médicos que ainda se dizem Mestres e Doutores. Depois dessa, caso venha a ter outro pet, só irei em centros especializados. Eles mataram meu cachorro. Cheio de vida ainda e energia. Mas a lei de Deus retorna e com a mão pesada.

      Excluir
  5. quando for assim..procure outros vets
    estou com uma que um dos vets mandou que eu guardasse o dinheiro pra gastar com outros resgatdos ...que eu gastaria dinheiro atoa com essa que jatem uns 13 anos...mas fui em outros...pesquisei na net ..hoje ela ta ficando boa..comendo muito..fazendo todas as necessidades..brincando...ja pensou se fosse na conversa de um!! ela teria morrido..ultimamente eles estao so querendo GRANA

    ResponderExcluir
  6. quando for assim..procure outros vets
    estou com uma que um dos vets mandou que eu guardasse o dinheiro pra gastar com outros resgatdos ...que eu gastaria dinheiro atoa com essa que jatem uns 13 anos...mas fui em outros...pesquisei na net ..hoje ela ta ficando boa..comendo muito..fazendo todas as necessidades..brincando...ja pensou se fosse na conversa de um!! ela teria morrido..ultimamente eles estao so querendo GRANA

    ResponderExcluir
  7. Minha cadelinha foi diagnosticada com Gordura em excesso no fígado. Apareceu no exame de sangue quando ela ia começar uma quimioterapia . O que pode ser feito?

    ResponderExcluir
  8. Minha cadelinha foi diagnosticada com Gordura em excesso no fígado. Apareceu no exame de sangue quando ela ia começar uma quimioterapia . O que pode ser feito?

    ResponderExcluir
  9. A minha cachorrinha está com vômitos sempre de madrugada antes era só líquido agora a ração amarelada o xixi tbm será que é fígado como tratar. ...

    ResponderExcluir
  10. A minha cachorrinha está com vômitos sempre de madrugada antes era só líquido agora a ração amarelada o xixi tbm será que é fígado como tratar. ...

    ResponderExcluir
  11. Qual ração de ser administrado ao animal com doença do figado?

    ResponderExcluir
  12. Qual ração de ser administrado ao animal com doença do figado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ração par cães hepático,existe da Equilíbrio, Royal,Premier

      Excluir
    2. Ração par cães hepático,existe da Equilíbrio, Royal,Premier

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  13. Minha cachorra tem alergia da Royal canin e por isso desenvolveu problema hepático crônico. Prestem atenção nesse fator tb. A ração ser de excelente qualidade, não exclui o risco de alergia

    ResponderExcluir
  14. O veteinário fará o diagnóstico e iniciará o tratamento, sempre pensando em quanto ais ganhar pelo caso, melhor.

    ResponderExcluir
  15. Pat qual o nome dessa ração premier para çaes com problema hepatico?grato

    ResponderExcluir

LICENÇA DE USO

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.