quarta-feira, 2 de março de 2011

De novo Bolinha!!!!!

Pois é, Bolinha está naquela de xixi na casa toda! Mas um artigo que li recentemente me abriu os olhos para um problema que pode sim estar acontecendo com o meu "madurão".


"Incontinência Urinária"
O que é? Quais as causas?

Não se trata de problema comportamental e sim de uma ação involuntária quando os animais “fazem xixi” sem perceber. Isso pode acontecer durante o sono ou no descansando ou até mesmo durante brincadeiras em muito ou pouco volume.

É importante dizer que os animais não sabem que estão fazendo isso.
Não é um comportamento para ser corrigido ou punido e, não é algo que voluntariamente quiseram fazer. É muito importante um diagnóstico médico para investigar qual a razão disso está acontecendo. Na maioria das vezes, eles nem sabem e ficam horrorizados com aquela pocinha.

Causas da Incontinência Urinária

Existem muitas razões pelas quais os cães podem apresentar  micção involuntária.
A primeira  seria um trauma do sistema nervoso central, que ocorre em razão do cérebro ou medula espinhal não estarem  se comunicando com a bexiga corretamente, essas  falhas  na comunicação causam passagem da urina.
A segunda,  os animais podem ter problemas com os nervos que se localizam no colo da bexiga. É um problema lombar muito comum em  cães mais velhos que têm artrite, trauma lombar, ou doença articular degenerativa. Isso faz com que o colo da bexiga não feche o suficiente fazendo gotejar a urina
Doenças
Doença renal, doença de Cushing, hipotireoidismo e diabetes podem causar  incontinência.  Uma pedra na bexiga, pode muitas vezes ser a causa pela qual o animal vai muitas vezes tentar o xixi e fazer  esforço e daí só gotejar um pouco.
Os defeitos congênitos também podem ser observados  quando se trata de decifrar se o seu cachorro é incontinente. Outras razões para incontinência, pode ser obstrução uretral. Se seu cão tem um tumor na bexiga, ele poderá obstruir o fluxo da urina e, causar alguns episódios de incontinência. Pedras uretrais também são relevantes fatores. Uma pedra na uretra é uma emergência médica, pois animais não podem urinar de forma eficaz. Assim, os episódios de “xixis” involuntários; podem estar correlacionados com o stress da dor, ou até mesmo com ataques de pânico.
 Nesse caso, um atendimento veterinário imediato,  se a qualquer momento, aparecer dor ou a incapacidade de urinar normalmente.
 Em animais mais velhos isso pode acontecer  já que  é combinado com um pouco de senilidade ou demência do cão, às vezes, os cães não sentem que estão prestes a fazer alguma necessidade e então, a urina transborda, acontecendo a  incontinência.
 Os gatos podem ter alguns episódios de incontinência, associada a  leucemia felina viral positivo. Na maioria das vezes para os gatos, há uma questão médica envolvida. Portanto, se o seu gato começar a fazer xixi toda hora, procure assistência veterinária.

Induzida por hormônio
O motivo mais comum de incontinência em cães é induzida por hormônio. Cães e gatos depois de castrados, sofrem alterações nos hormônios necessários para fechar completamente o esfíncter uretral externo. Portanto, tanto o estrogênio como a  testosterona são necessários.
Há interação hormonal com o esfíncter uretral externo que permite fechar eficazmente para prender a urina na bexiga. Sem esses hormônios disponíveis no corpo, pode ocorrer a incontinência. Induzida por hormônio, a  incontinência urinária é incrivelmente comum em cadelas castradas, embora os machos possam apresentar também. Eles são tipicamente saudáveis e vibrantes, mas, urina em qualquer lugar várias vezes por dia.

Tratamento natural

Se o seu veterinário afirma que o hormônio induz  a incontinência urinária causando problema, é recomendável  tentar tratar seu animal de estimação, naturalmente. O Natural Pet Animal Hospital (nos EUA), trata muitos casos de incontinência urinária induzida por hormônio com a norma de processo - terapia glandular, que é um tratamento natural de reposição hormonal biologicamente adequado. Isso significa que não se utiliza no tratamento, nenhuma droga sintética para substituir os hormônios. Usam a acupuntura para controlar efetivamente ou estimular o fechamento efetivo do nervo pudendo externos.

É recomendável tratar o animal  naturalmente, porque existem alguns medicamentos tradicionais no mercado para ajudar a tratar a incontinência urinária - especificamente DEFS ou diethylstilbestro - que são drogas potencialmente tóxicas e, que têm efeitos colaterais podendo causar mais problemas com a medicação do que a questão subjacente.

“... Eu não sou um grande fã da prescrição de substitutos de hormônios sintéticos, pois é possivel encontrar os mesmos problemas tanto nos cães como em seres humanos do sexo feminino, com hormônios sintéticos. Portanto, se seu animal de estimação é tem esse problema, é necessário identificar a causa subjacente e tratar efetivamente com um veterinário holístico.” (Dra. Becker)




27 comentários:

  1. Minha cachorra fez reposição hormonal e 15 dias depois ela morreu, será que foi por causa do remédio? ela parou de comer, e um dia amanheceu morta....

    ResponderExcluir
  2. Olá Lê, que bom que me visitou! Você não me falou se ela era castrada e se sofria de incontin~encia urinária, de qualquer forma em um artigo do Vets all naturals (http://www.vetsallnatural.com.au/)
    "... O tratamento convencional para a incontinência envolve a terapia de substituição hormonal, utilizando uma dose baixa de estrogénio (comprimidos Stilboestrol) uma vez ou duas vezes por semana. As doses necessárias para controlar a incontinência em cães são muito pequenas no entanto, nada como HRT em seres humanos. Isso funciona muito bem para a maioria das cadelas, e não tem efeitos secundários conhecidos, com as doses necessárias. Outro tratamento, geralmente utilizado apenas se estrogénio falhou, é pseudoefedrina (Sudofed). Ele pode ser bastante eficaz, mas tem os mesmos efeitos colaterais dos comprimidos Sudofed nas pessoas, que incluem aumento da freqüência cardíaca, agitação e inquietação.

    Alternativas naturais incluem ervas estrogénica, como o trevo vermelho e árvore casto, ou você pode obter bons resultados com a acupuntura e manipulação quiroprática..."

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo post, muito informativo!
    Eu tenho uma gatinha de seis meses, linda, mas com um grave problema: toda vez que ela dorme um pouco mais profundamente, ela faz xixi. Há quase dois meses ela teve infecção urinária, mas foi bem tratada com antibióticos e a infecção cedeu.

    Lendo seu post eu imaginei que a causa possa ser uma lesão na coluna - ela anda um pouquinho 'torta', ou rebolando demais, rs. Não achamos que isso fosse um problema muito grave, talvez um pouco de desnutrição, pq ela mamava pouco e os antigos donos não davam ração, necessária para um animal de um mês e meio. E, realmente, com o tempo ela melhorou e só agora apareceu esse outro sintoma.
    Caso essa lesão seja confirmada, existe algum tratamento?

    Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  4. Oi Dr.
    Há algum hormonio natural que eu posso dar para a minha cadela.
    Ela tem 3 anos de idade e há 2 anos foi castrada. Está com incontinencia urinária, somente a noite, quando deita ou dorme, é pouco gotejamento.
    Fiz Ultrassonografia deu tudo ótimo, o veterinário está tratando como princípio de cistite, porem ela não tem dificuldade para urinar, tem a vida normal. Ele receitou um anti-inflematório por 3 dias, já é o 2º dia e nada. Eu já tinha suspeitado que seria devido a falta de hormonio.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  5. Continue com o remédio até o prazo recomendado. Se não melhorar, retorne ao veterinário e fale sobre o hormônio natural, pois é necessário um acompanhamento medico. Um abrao. Bolinha usa uma faixa descartável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dr.,
      Nada resolveu, ela continua com a incontinência. Dei o anti-inflamatório, como havia lhe falado na msg anterior, e não ocorreu nenhuma melhora. O veterinário recomendou dar Cloridrato de Betanecol. Porém, já acabou o tratamento e nada de melhora.
      Sobre a questão hormonal...Eu havia comentado com esse veterinário sobre essa possibilidade, só que ele me disse que nunca tinha ouvido falar nessa hipotese, que só ocorria em cadelas idosas. Não senti muita formeza nos conhecimentos dele...Enfim...
      Fiz uma pesquisa bem detalhada e encontrei um medicamento, um hormonio natural, a base de Estriol (1mg). Vi que várias pessoas administraram esse medicamento e obtiveram bons resultados.
      Abraço, Dr!

      Excluir
  6. Dr.
    Minha cadela foi castrada muito cedo, pois quando fui adota-la com 1 mes e meio ela ja estava castrada... depois de 2 anos ela apresentou a incontinencia... levamos ao veterinário e ele aplicou o hormonio ECP.. ficou três meses ótima, desenvolveu td nela.. ate as mamas.. so q depois de 3 meses está voltando.. e ele recomendou q era para ser aplicado a cada 6 meses... não sei como fazer agora, pois com isso ela acaba sendo privada de muitas coisas q ela gostava d fazer como brincar em cima da cama com o meu gato..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda,
      eu tb estou com o mesmo problema. Como relatei anteriormente, a minha cachorra fez exames e nada apareceu (ainda bem) e o veterinario receitou medicamentos, mas não adiantaram nada.
      Pesquisei na internet e vi que tem um medicamento a base de hormonio, são comprimidos de 1mg... Acho que vou dar a ela. Acho que essas injeções são doses mt altas, não sei tb.

      Excluir
    2. Oi Adriane... bom.. nao sei o q houve mas do jeito q parou o efeito.. agora ela voltou ao normal.. nao esta soltando ja faz quase um mes... a urina dela estava bastante forte.. agora está normal.. já estava indo leva-la novamente.. pois a veterinaria disse que podia ser uma bacteria resistente, já q parou nao vou mexer no time que esta ganhando rsrsrs... Mas antes de dar o remedio para sua cadela procure um veterinário, pois antes de eu aplicar o hormoinio uma veterinaria novata queria q eu desse um desses comprimidos e fui descobrir com a outra de confiança que ia fazer mal para minha cadela..

      Excluir
  7. minha gata criou agora esta com incontinensia urinaria o que fazer

    ResponderExcluir
  8. Boa noite doutor. Vi seu post e achei bastante interessante. Parabéns. Tenho uma cadela que foi adota. Tem estimativa de dois anos e foi castrada a um ano. Ela começou a ter incontinência urinária a noite. Já fiz vários exames e todos deram normais. O que fez eu controlar a incontinência dela foi suco de laranja. Iniciamos esse tratamento para equilibrar o pH da urina, pois no exame deu pH 8,0. A partir disso observei que a incontinência parou. Tem alguma relação? Seria prejudicial continuar dando suco de laranja para minha cadela? Estou dando aproximadamente 15ml por dia. Esses dias observei que a incontinência voltou, com isso aumentei a quantidade de suco para 18ml. Agradeço a atenção, Tamilis.

    ResponderExcluir
  9. Minha labradora é castrada a 8 anos e o veterinario aplicou hormonio feminino por causa da incontinencia urinaria e depois de 1 semana a vulva inchou e quando deita aparece residuos de sanque bem ralo. Pode ser efeito causada pela injeção de hormonio?

    ResponderExcluir
  10. Olá Dr. Estou com uma grande dúvida, temos uma cachorra Golden de 5 meses. E o veterinário dela disse que aconselha castra-la para evitar câncer.
    Mas ele disse que ela vai ficar gorda e ter incontinência urinária. O que faço, será que o ideal é castrar? E essa incontinência é fato. Tem tratamento?

    ResponderExcluir
  11. Olá Dr. Estou com uma grande dúvida, temos uma cachorra Golden de 5 meses. E o veterinário dela disse que aconselha castra-la para evitar câncer.
    Mas ele disse que ela vai ficar gorda e ter incontinência urinária. O que faço, será que o ideal é castrar? E essa incontinência é fato. Tem tratamento?

    ResponderExcluir
  12. Boa noite. Tenho uma cachorra médio porte srd que foi castrada a um pouco mais de um ano ... com 5 meses. A um mês teve cistite e fazem duas noites q esta com incontinência urinaria e já reparei em pequenos gotejamentos. Por favor qual o melhor caminho para o tratamento?

    ResponderExcluir
  13. Boa noite. Tenho uma cachorra médio porte srd que foi castrada a um pouco mais de um ano ... com 5 meses. A um mês teve cistite e fazem duas noites q esta com incontinência urinaria e já reparei em pequenos gotejamentos. Por favor qual o melhor caminho para o tratamento?

    ResponderExcluir
  14. Olá! Minha cadela foi castrada antes do primeiro cio, teve problemas depois de 6 meses, apresentando um pseudo cio, tratava-se de material ovariano residual, operou de novo e agora depois de um ano está apresentando incontinência urinária. Achei aqui nesse post informações muito interessantes as quais levarei ao meu Vet de confiança. Talvez acupuntura é uma reposição hormonal natural sejam o melhor tratamento

    ResponderExcluir
  15. Ola, minha cachorra pastor alemão, teve sua primeira cruza hà dois dias, porem hj ela recomeçou a sangrar, e creio q isso nao é normal, ainda nao percebi nenhuma mudança comportamental dela, mas estou preocupada com algumas coisa que eu li, oq pode ser? Fissura vaginal? Como trato isso? Obg!

    ResponderExcluir
  16. Ola, minha cachorra pastor alemão, teve sua primeira cruza hà dois dias, porem hj ela recomeçou a sangrar, e creio q isso nao é normal, ainda nao percebi nenhuma mudança comportamental dela, mas estou preocupada com algumas coisa que eu li, oq pode ser? Fissura vaginal? Como trato isso? Obg!

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. Oii!! Minha cadela é castrada ha uns 3 anos e ha uns 8 meses começou a ter incontinência urinária. Na primeira vez o tratamento que segui foi com hormonio (ECP) foi ótimo o resultado. Ela ficou "curada". Entretanto voltou os sintomas da incontinência no mes passado. Demos novamente a injeção. Entretanto dessa vez ela desencadiou uma inflamação intensa. Causou um corrimento nela que deixava meu macho agoniado. A ultra disse que cervix estava com tamanho muito maior que o devido. Fez um tratamento vom anti-inflamatórios forte. Melhorou da tal inflamação. Mas a incontinência permanece. Foi indentificado que foi o hormonio que causou essa inflamaçao. Ou seja, não posso mais usar esse tratamento pra IU. O que devo fazer para a IU dela?

    ResponderExcluir
  19. Tenho uma cadela poodle de 10 anos, que teve uma infecção com 8 meses e foi necessário na época a retirada do ulteriores e ovários, aos 6 anos ela começou a ter incontinência urinária, então o veterinário recomendou o uso de destilbenol de 10 em dias em pequenas doses, funcionou perfeitamente, porém com mais ou menos 8 anos ela começou a ter alergia, tendo muitas coceiras e pequenos machucadinhos na pele sempre quando toma. Ela não pode parar de tomar, pois senão a incontinência volta na hora, eu gostaria de saber se existe algum remédio que possa substituir esse é que talvez não provoque essa alergia nela? Ou alguma forma natural, já tentamos acupuntura e remédios para alergia,mas não adiantou de nada! tenho medo que o uso prolongado do destilbenol possa trazer mais problemas futuramente, mas não sei mais o que fazer. Você indicaria algum especialista nessa situação?

    ResponderExcluir
  20. Tenho uma candela de 1ano, e apresentou problema renal com 4meses, depois de vários exames de sangue, castramos, e continuou com as taxas altas, agora esta com incontinencia urinaria, estou dando xarope betanecol, continua fazendo xixi, fica meia triste, deu diarreia, fica salivando. Sera que continuo com remedio, tem uma semana.

    ResponderExcluir
  21. Minha cachorra tem 1 ano, foi castrada e esta com incontinencia urinaria, esta tomando xarope de betanecol, ela saliva muito, ficaria triste e um pouco de diarreia. Ela tem problema nós rins, continuo com o remedio?

    ResponderExcluir
  22. Tenho um cachorro com 8 anos e há 2 meses operou da hérnia bilateral e foi castrado e depois disso começou a fazer xixi involuntariamente, o xixi dele fica gotejando por onde ele passa. Já levei na veterinária que fez a cirurgia e ela diz que não é por causa da cirurgia. Passou antibiótico agora pra tratar infecção urinária.
    Estou muito preocupada e não sei o que fazer

    ResponderExcluir
  23. Sao tantos animais com incontinencia urinaria! e tambem tenho a mina toto Ana, tem 4 anos e 3 d castrada..este ano apareceu a bendita incontinencia..durante o dia pinga ao deixar e as vezes andando! a noite molha os panos...ja tomou medicamentos para infeccçao urinaria e ate comprimido para incontinencia..mas nada resolveu...alguem tem uma luz? sinceramente nao gostaria de dar medicamentos para piorar a saude dela!se alguem souber algo natural que a ajude! a bichinha nao e 100% feliz! a incontinencia urinaria nao deixa!ela adora deitar em sua caminha...mas tenho que retirar...ela molha! so libero a noite!

    ResponderExcluir

LICENÇA DE USO

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.