quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Quando seu animal de estimação se coça: É pulga ou algo pior?

Sarna é uma doença de pele que acomete animais,causada por várias espécies de ácaros parasíticos e se inserem na pele ou nos folículos capilares.
Algumas espécies de ácaros são comumente encontrados em cães domesticados - os outros não são tão comuns - mas nenhuma deles pode causar uma infecção da pele se não forem em número suficiente.
Se o seu animal de estimação está se coçando muito, chegando as vezes a ficar agressivo e estão ocorrendo inflamações na pele, podem haver muitas causas, a Sarna é uma delas.

Existem dois tipos de sarna seu filhote pode adquirir:
1. sarna sarcóptica

2. sarna Demodectic
Sarna sarcóptica (“scabei Sarcoptes”), também conhecida como escabiose canina, nela, o ácaro fêmea cava túneis na pele de seu hospedeiro e põe ovos várias vezes em tocas profundas, morrendo depois de depositar os ovos
Em 3-8 dias, os ovos tornam-se larvas de seis patas. As larvas se tornam ninfas de oito patas, e chegam à idade adulta no 'túnel'. Esse ciclo dura 2 a 3 dias.
Estes ácaros vivem melhor em seu cão, mas podem existir por vários dias fora de um hospedeiro - até três semanas em um ambiente úmido, frio, por 2 a 6 dias.

A sarna sarcóptica é altamente contagiosa e pode infestar não só o seu cachorro, mas outros animais, inclusive gatos, porcos, cavalos e sim - até mesmo os seres humanos. Como esses ácaros podem viver por um tempo separado de um hospedeiro, o seu cão pode se infestar sem entrar em contato com um animal infectado.
Ao cavarem tocas e caminharem através da pele, causam uma coceira intensa e formam uma crosta na pele que podem ser infectadas

Como posso saber se meu cachorro tem sarna sarcóptica?
Queda de pelo

Descamação dos cotovelos e orelhas

Os ácaros preferem áreas do corpo do seu animal de estimação com pouco pelo mínimo de cabelo, então estarão mais sujeitas a coceira, peito, barriga, embaixo dos braços, ao redor dos olhos e caclcanhares.

Um ambiente quente pode piorar significativamente a situação

Se a infecção não for tratada, pode se espalhar por todo o corpo do seu cão e o seu cachorro pode danificar a pele no vigoroso arranhar e morder quando se coça. A pele pode ficar escurecida e os linfonodos aumentados, além de surgirem infecções secundárias na pele
Tratamento de uma infestação de “Sarcoptes scabei”
Se seu cão tem sarna sarcóptica, primeiro precisa ser isolado para evitar infectar outros animais de estimação ou familiares.

Sua cama deverá ser cuidadosamente limpa, porque os ácaros da sarna sarcóptica podem sobreviver em sua casa durante vários dias, então é recomendável varrer e esfregar os pisos, carpetes, cortinas e móveis estofados para eliminar os parasitas de onde você vive. Caso contrário, o cão permanece com risco de uma re-infestação como todos os outros membros da sua família.
Sarna demodécica
Os ácaros da sarna Demodectic ou Demodex canis, são habitantes naturais da pele de um cão.

Sob as condições certas, os cães vivem em harmonia com esses ácaros suas vidas inteiras. Mas em filhotes imunossuprimidos, esses bichos podem florescer e causar infecção e muito sofrimento para o animal.

Na verdade, existem três tipos de sarna demodécica, também conhecida como sarna vermelha ou sarna folicular, visto em cães:

1. Sarna demodécica localizada ocorre quando os ácaros infestam apenas algumas pequenas áreas do corpo do animal - normalmente o rosto. Esta condição é comum em cachorros e, na grande maioria dos casos se resolve por conta própria.
2. Sarna demodécica generalizada envolve grandes áreas da pele ou até mesmo o corpo inteiro do cão. Essa condição traz consigo as infecções bacterianas secundárias que causam coceira intensa e um odor estranho.

3. O mais difícil de curar um dos três tipos é frequentemente pododermatite demodécica. Este tipo de sarna está confinado ao pé e cria uma infecção bacteriana.
Se seu cão tem sarna demodécica, você vai notar prurido de infecções bacterianas secundárias, bem como uma certa perda de cabelo, formação de crostas e feridas.
É a Sarna Demodecica contagiosa?
Os ácaros podem passar de um cão para outro, mas em cães com sistemas imunitários saudáveis, isso não representa um problema, por isso é considerada não contagiosa. Os ácaros novos simplesmente se juntam a população de ácaros residentes não resultando em problemas de pele. Cães jovens com sistemas imunológicos imaturos, os mais velhos com o sistema imunológico enfraquecido, e os de qualquer idade que estejam imunocomprometidos são mais susceptíveis a desenvolver a sarna Demodex.

Cães com sarna demodex não devem procriar porque, como não são totalmente imunes estes genes não deve ser repassados. Se o seu cachorro é diagnosticado com demodex você deve deixar seu criador saber.

Os Ácaros Demodex canis não são conhecidas a infestar a pele de gatos (eles têm suas próprias espécies de Demodex) ou humanos.

Tratamento
Tratamento de ambos os sarna sarcóptica e demodécica em clínicas veterinárias tradicionais muitas vezes envolve imersão do corpo inteiro de seu animal em uma substância química potente que mata os ácaros.
Infelizmente, estes mergulhos geralmente causam uma série de efeitos secundários prejudiciais, incluindo:

* Inquietação, sinais do SNC, tremores

* Perda de apetite

* Vômitos

* Diarréia

* Diminuição da temperatura corporal

Outros medicamentos podem ser prescritos, também, tomado por via oral ou injetável, através de aplicação tópica ou xampu. Todos esses tratamentos envolvem produtos químicos que podem causar efeitos colaterais.

Minha recomendação é consultar um veterinário / integrativa holística explorando todas as opções para eliminar os ácaros da sarna e aliviando os sintomas do seu filhote.

Seu cão pode ou não precisam ser mergulhados em produtos químicos fortes ou receber outras terapias potencialmente tóxicos, dependendo da gravidade da infestação e do sucesso de outros tratamentos menos cáusticos, que pode incluir:
* As vitaminas e outros suplementos alimentares, incluindo o Omega 3, para ajudar a aliviar a coceira, melhorar a condição da pele do seu cão, e apoiar a sua função imunológica.
* Shampoo da árvore do chá (evitar sabonetes / shampoos contendo farinha de aveia)

* Mergulho de Lyme-enxofre (todo-natural, mas incrivelmente fedido)

* Remédios tópicos como o alho, nim e óleo de lavanda, e outras ervas calmantes e de cura.

* Interno remédios de ervas para combater a infecção bacteriana e fortalecer o sistema imunológico, incluindo Echinacea (Esberitox é uma das minhas favoritas), colostro, beta-glucanas, folhas de oliveira, Neem, extrato de timo, raiz de alcaçuz e salsaparrilha.
*Homeopathics como enxofre, Silicea e Psorinum
Como o sistema imunológico do seu animal de estimação é a sua primeira linha de defesa contra qualquer tipo de infestação parasitária, uma das coisas mais poderosas que você pode fazer para mantê-la saudável e livre de sarnas, é promover uma alimentação através de uma dieta equilibrada, espécies adequadas (certifique-se de eliminar carboidratos na dieta que irá alimentar o fermento e bactérias oportunistas staph) e reduzir o número de vacinas dadas.
Algumas espécies de ácaros são comumente encontrados em cães domesticados - os outros não são tão comuns - mas nenhuma deles pode causar uma infecção da pele se forem em número suficiente.

(Fonte: http://healthypets.mercola.com/sites/healthypets/archive/2010/10/07/sarcoptic-mange-and-demodectic-mange-in-pet-dogs.aspx)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

LICENÇA DE USO

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.