segunda-feira, 22 de julho de 2013

Mau Hálito em cães

Bolinha, até um tempo atrás, apresentou um forte odor, tivemos, inclusive um post sobre esse caso, mas que incomodava demais, principalmente ao próprio bolinha que passou a vomitar todas as vezes que comia. Descobrimos que era uma infecção nos dentes, tratamos e tudo voltou ao normal, então, hoje, voltamos ao assunto porque sabemos da importância de uma vigilância na boca do nosso melhor amigo.


Nós todos sabemos que o mau hálito - também conhecido como halitose é o resultado de um acúmulo de bactérias produtoras de odor que vão da boca do seu cão aos pulmões ou intestinos. Um persistente mau hálito pode indicar que seu cão precisa de melhores cuidados dentários ou que algo está errado em seu trato gastrointestinal, fígado ou rins. Em todos os casos, a halitose é um sinal vermelho que deve ser investigado.

Na maioria das vezes,  é causado por uma doença dental  placa bacteriana e tártaro. No entanto, o mau hálito persistente também pode indicar outros  problemas de saúde na boca, sistema respiratório, trato gastrointestinal ou em outros órgãos.

Seu veterinário é a melhor pessoa para identificar a causa. Um exame físico e exames de laboratório deverão ser realizados, bem como os hábitos e comportamento do cão em geral.

Se a respiração do seu cão, de repente tem um odor diferente, consulte o seu veterinário. Os seguintes sintomas podem sinalizar problemas de saúde que necessitam de tratamento imediato.
  • Excepcionalmente hálito doce ou frutado  pode indicar diabetes , especialmente se seu cão está bebendo muita água e urinando com mais freqüência do que o habitual.
  • Quando o hálito tem cheiro cetônico pode ser um sinal de doença renal.
  • Um odor incomum  acompanhado por vômitos , falta de apetite e córneas e gengivas amarelas  pode sinalizar um problema de fígado.

O tratamento depende do diagnóstico do seu veterinário. Se a placa é a culpada, o seu cão pode precisar de uma limpeza profissional. Se é uma questão de dieta, você pode ter que mudar regularmente a dieta utilizada na alimentação . Se a causa é gastrointestinal ou uma anomalia no fígado, rins ou pulmões,  consulte o seu veterinário sobre os passos que você deve tomar.

Muitas pessoas acham que o mau hálito em cães, é mal da idade". Mas esse não é o caso. Na verdade, ser pró-ativo sobre a saúde bucal do seu filhote  vai tornar a sua vida com seu amigo peludo mais agradável,então, prevenir é a palavra de ordem!
  • Traga o seu cão para exames regulares para ter certeza que ele não tem problemas médicos subjacentes que podem causar halitose.
  • Verifique se o seu veterinário monitora e rastreia o estado dos dentes do seu cão e respiração.
  • Alimente seu cão com alimentos de alta qualidade, alimentos de fácil digestão.
  • Escove os dentes do seu cão com freqüência -todo dia é o ideal. (Por favor, não se esqueça de usar creme dental formulado para cães, a  pasta de dentes humanos pode inflamar  o estômago de um canino.)
  • Fornecer algo seguro para mastigar, como ossos de brinquedo que permitem que os dentes do seu cão para sejam limpos pelo processo natural de mastigar.
  • Dê a seu cão alimentos formulados para melhorar mau hálito.
  • Discutir uso doméstico produtos de saúde bucal com o seu veterinário para ver se há um tipo que ele ou ela recomenda.
Nota: Tenha em mente, esses produtos simplesmente podem mascarar o mau hálito e não tratar problemas  subjacentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA DE USO

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.